“Black Total” é a cypher de Bitrinho, Max B.O., James Ventura, Blackout, Flip, Mano Wil, Nabil, Nill e $au

Nome do som faz referência aos vinis produzidos no final dos anos 1990 de forma independente no Brasil

Por Leandro Leão

“Black Total” é a cypher que enaltece o povo preto através de versos que contam a trajetória de lutas e glórias dos MCs Bitrinho, Flip, James Ventura, Mas B.O., Blackout, Mano Wil, Nabil, Nill e $au. O nome do som é uma alusão aos vinis produzidos no Brasil no final dos anos 1990 que traziam sucessos internacionais em um único disco. “No Black Total, temos uma coletânea de MC’s de diversas gerações, transitando entre o Boombap e o Trap, unindo épocas e estilos, mas sobre um assunto vivenciado por todos que estão na faixa”, define Max B.O.

O clipe tem direção de Leandro Dazo, da Procd Brasil, e colaboração da Censa Filmes e da Ghetto Filmes. Os beats foram produzidos por Nill, com scratches de DJ Guiga. A mixagem e masterização ficou por conta de Sinned, do coletivo Imob Gang.