Danna Lisboa, você ainda vai ouvir falar muito dessa rapper trans, travesti e periférica

Danna Lisboa por Bruno Fujii

IDEAIS é o primeiro EP da cantora Danna Lisboa, um trabalho conceitual que traz variedade de estilos como R&B, Hip Hop, Rock, Ragga e música eletrônica, produzido por seu também DJ, Nelson D. IDEAIS é a necessidade de expressão de uma mulher trans, travesti e periférica. Em suas letras, a artista transforma temáticas complexas de problemas sociais, relacionamento e vivências pessoais em melodias e batidas vibrantes que envolvem e potencializam a reflexão de seu próprio universo.

Capa do EP foto por Bruno Fujii e design por Fernando Molina

Dentre as sete faixas compostas por Danna, encontramos uma com a participação da Gloria Groove. Já os dois singles “Trinks” e “Cidade Neon” ganharam notoriedade, sendo o que o segundo virou um curta metragem com Danna como protagonista, o trabalho concedeu a ela o prêmio de melhor atuação do Festival Film Works.

Danna diz que o EP surgiu da necessidade de expor a existência de mulheres trans e travestis, saindo da invisibilidade através da música e poesia. “Quando penso que estamos na mira em um país que mais mata a população T, penso também que podemos mudar isso através da arte”, completa.

O lançamento do disco com pocket show, acontece hoje, 03, na Fatiado Discos (Av. Prof. Alfonso Bovero, 382 – Sumaré, São Paulo) com participações da MC Dellacroix e Alice Girl, das 19h às 23h, gratuito.