Haikaiss, Dj Cia e Correria fazem show no Via Marques

Grupos da nova geração mostram que sabem muito bem o que estão fazendo

image

Haikaiss

Chegamos ao Via Marques por volta de 1h da manhã. Nos toca-discos estava Dj Sleep, que tocou muito rap das antigas, como Sabotage, Ndee Naldinho, Racionais Mc’s, RZO, o que contrastou com tema da festa, voltada ao público da nova escola. Ao comandar as pickups, o Dj Cia riscou muitos scratches e também deu ênfase ao rap dos anos 2000, relembrando de “Favela sinistra” de Trilha Sonora do Gueto e “Jaçanã picadilha” do rapper Thig. Entre as músicas, Cia anunciou: “Aqui é Rap Nacional! Vocês tão conversando, eu só toco quando tem barulho, quando tá todo mundo curtindo”, as pessoas logo se manifestaram, e Cia continuou com sua performance incrível nos toca-discos.

image

Correria

O mc Correria abriu a noite com um pocket show. Suas novas músicas estão sendo produzidas pelo Dj do RZO, e fizeram muito barulho, mesmo com a equalização do som da casa deixando a desejar. Por volta de 2h05 da manhã, Correria terminou a sua apresentação. Dj Cia continuou no comando das naves, tocos sons gringos e, entre as nacionais, soltou “Sol” do grupo Família Madá.

image

Hakaiss, Sandrão Rzo e Calado

Às 2h19 entrou Haikaiss. Seu o show durou cerca de 1h30 e teve participação dos rappers Sandrão RZO, Calado, e Chayco da Família Mada, que cantou “Filosofia de Buteco” com o grupo, finalizando o show. O rapper Qualy deixou um recado para o público, declarou que já perdeu amigos, por dirigirem bêbados, e pediu para que o público o fizesse com cuidado.

Dj Cia voltou pro toca-discos. Já era mais de 4h da manhã e Filipe Ret ainda não havia entrado no palco. A maior parte do público decidiu ir embora, assim como nós.